Jaboticabal sem a tradicional iluminação natalina

Voltar
Centro sem decoração natalina
Centro sem decoração natalina
O comércio de Jaboticabal abre suas portas para as vendas natalinas a partir de hoje (8).
Com um horário especial, as lojas ficarão abertas durante toda a semana até às 22h e aos sábados até as 17h.
O horário especial tem como objetivo chamar o público consumidor para as compras, tendo como principal atrativo o horário diferenciado no período noturno.
Mas, o consumidor que está acostumado a trazer sua família para ver a decoração natalina das ruas e os enfeites que tradicionalmente deixam as praças e o centro da cidade mais
bonitos, nesse ano vão se decepcionar.
As vias públicas que normalmente recebiam as luzes e a decoração de Natal, contribuindo para trazer mais alegria e felicidade ao coração das pessoas dessa vez estão às escuras.
Não há nas principais ruas de comércio (Rui Barbosa e Avenida Pintos) nenhuma menção de que estamos no período natalino, com exceção do quarteirão da Rui Barbosa, compreendido
entres Avenidas Pintos e Benjamin Constant, que foi decorada de maneira bastante simples pelos lojistas do local.
Nem mesmo a decoração da Praça 9 de Julho, que foi até noticiada pelo jornal Tribuna em edições anteriores, que seria fruto de uma parceria entre as entidades do comércio e os
estabelecimentos bancários vingou.
E as f amílias que desciam ao centro para comprar seus presentes ou simplesmente passear, e ficavam maravilhadas com as luzes, as músicas e os enfeites, terão que se contentar 
com o piscar dos semáforos das esquinas.
O comércio de Jaboticabal abri suas portas para as vendas natalinas na última sexta-feira (8).

Com um horário especial, as lojas ficarão abertas durante toda a semana até às 22h e aos sábados até as 17h.

O horário especial tem como objetivo chamar o público consumidor para as compras, tendo como principal atrativo o horário diferenciado no período noturno.

Mas, o consumidor que está acostumado a trazer sua família para ver a decoração natalina das ruas e os enfeites que tradicionalmente deixam as praças e o centro da cidade mais bonitos, nesse ano vão se decepcionar.

As vias públicas que normalmente recebiam as luzes e a decoração de Natal, contribuindo para trazer mais alegria e felicidade ao coração das pessoas dessa vez estão às escuras.

Não há nas principais ruas de comércio (Rui Barbosa e Avenida Pintos) nenhuma menção de que estamos no período natalino, com exceção do quarteirão da Rui Barbosa, compreendido entres Avenidas Pintos e Benjamin Constant, que foi decorada de maneira bastante simples pelos lojistas do local.

Nem mesmo a decoração da Praça 9 de Julho, que foi até noticiada pelo jornal Tribuna em edições anteriores, que seria fruto de uma parceria entre as entidades do comércio e os estabelecimentos bancários vingou.

E as famílias que desciam ao centro para comprar seus presentes ou simplesmente passear, e ficavam maravilhadas com as luzes, as músicas e os enfeites, terão que se contentar com o piscar dos semáforos das esquinas.

Texto e foto: ZéMario 

Fonte: Redação

  • Imprima
    essa Notícia
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo